Últimas notícias
Islã/Protestos - 
Artigo publicado em 16 de Setembro de 2012 - Atualizado em 16 de Setembro de 2012

EUA esvaziam embaixadas na Tunísia e Sudão

Manifestantes protestam contra o filme "A Inocência dos Muçulmanos" diante da embaixada dos Estados Unidos em Londres neste domingo.
Manifestantes protestam contra o filme "A Inocência dos Muçulmanos" diante da embaixada dos Estados Unidos em Londres neste domingo.
Reuters

RFI

Os Estados Unidos ordenaram neste sábado a evacuação de seu pessoal que não seja essencial da Tunísia e do Sudão. As autoridades do país também desaconselharam aos cidadãos americanos que visitem esses países, segundo informações divulgadas neste domingo pelo departamento de Estado. Outras manifestações contra o filme anti-Islã produzido nos Estados Unidos aconteceram ao redor do mundo. 

O departamento de Estado aconselha os cidadãos americanos que permanecerem na Tunísia e no Sudão de evitarem todas as manifestações públicas e reuniões políticas.

O ministro tunisiano do Interior ameaçou punir todos os envolvidos no ataque à embaixada americana de sexta-feira, que deixou quatro mortos e 49 feridos. A representação diplomática foi pilhada por manifestantes extremistas que protestavam contra a difusão na Internet de um filme anti-Islã produzido nos Estados Unidos.

Dois manifestantes também morreram no Sudão na sexta-feira, quando cinco mil pessoas atacaram as embaixadas da Grã-Bretanha, dos Estados Unidos e da Alemanha.

Na Líbia, cerca de 50 pessoas foram presas neste domingo, suspeitas de envolvimento no ataque ao consulado americano de Benghazi que matou quatro cidadãos americanos, incluindo o embaixador dos Estados Unidos.
Segundo o presidente líbio Mohamed Magarief, alguns desses suspeitos são estrangeiros.

Ao menos oito pessoas ficaram feridas em confrontos entre a polícia e manifestantes diante do consulado americano em Karachi, no Paquistão. Já no Afeganistão, cerca de 1.500 estudantes realizaram um protesto contra o filme na capital Cabul.

Na Europa, cerca de 300 pessoas realizaram uma manifestação pacífica neste domingo diante da embaixcada dos Estados Unidos em Londres para protestar contra o filme "A Inocência dos Muçulmanos"

O secretário americano para a Defesa, Leon Panetta, afirmou que a situação está se "estabilizando" mas que a s embaixadas americanas continuam em estado de alerta diante de uma possível intensificação da violência.

"As manifestações correm o risco de continuar durante os próximos dias", disse ele, que realiza atualmente um giro pelo Extremo Oriente.

 

tags: Estados Unidos - Islã - Líbia - Protestos - Sudão - Tunísia - Violência
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close