Iraque/violência  - 
Artigo publicado em 30 de Setembro de 2012 - Atualizado em 30 de Setembro de 2012

Série de atentados deixa pelo menos 32 mortos no Iraque

Soldados no local da explosão de um carro bomba em Kut, a 150 km de Bagdá, neste domingo 30 de setembro de 2012.
Soldados no local da explosão de um carro bomba em Kut, a 150 km de Bagdá, neste domingo 30 de setembro de 2012.
REUTERS/Jaafer Abed

Uma série de ataques com carro bomba visando as forças de ordem deixaram ao menos 32 mortos neste domingo no Iraque, segundo novo balanço divulgado pelas autoridades locias. O atentado mais violento foi cometido em Tadji, ao norte de Bagdá, onde três veículos foram incendiados na sequência, deixando 8 mortos e 22 feridos.

Em Kut, 150 Km ao sudeste da capital iraquiana, 4 policiais morreram em um atentado suicida também cometido com carro bomba. Uma outra explosão, que atingiu um mercado de Khan Bani Saad, 30 km a nordeste de Bagdá, resultou na morte de um civil e deixou vários policiais feridos.

Dois outros ataques, também com a mesma estratégia de ação, mataram dois agentes de segurança em Balad Rouz, 60 km ao nordeste da capital. Pelo menos 33 pessoas ficaram feridas nesta série de ataques.

O Iraque vive um período de violência constante diante da grave crise política e de conflitos interreligiosos. Até o momento, nenhum grupo ou organização reivindicou a autoria dos atentados, mas em julho, o Estado Islâmico do Iraque, braço armado da rede terrorista Al-Qaeda no país, alertou para o lançamento de uma campanha para libertar os prisioneiros do movimento.

Na quinta-feira, um ataque contra uma prisão em Tikrit, 160 km ao norte de Bagdá, provocou a fuga de centenas de prisioneiros. Segundo o ministério do Interior, 47 deles pertenciam ao grupo Estado Islâmico do Iraque.
 

tags: Atentado - Iraque - Violência
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close