Conteúdo sindicado
África
Presidente moçambicano, Filipe Nyusi e líder da oposição, Afonso Dhlakama, em Moçambique
28/02/2015 - Moçambique

Dhlakama já tem quadros para províncias autónomas moçambicanas

Afonso Dhlakama, prossegue a sua campanha de esclarecimento, junto do seu eleitorado, onde ganhou, parcialmente, as eleições, explicando a sua tese, de governação, em províncias autónomas moçambicanas.

Orçamento angolano de austeridade face à crise do petróleo
28/02/2015 - Semana em África

Orçamento angolano de austeridade face à crise do petróleo

Destaque esta semana para a aprovação em Angola da revisão do Orçamento Geral de Estado de 2015 na generalidade, uma revisão que procura reequilbrar as contas públicas face à crise das receitas petrolíferas decorrente da forte quebra da cotação do barril de crude no mercado mundial. O documento prevê a cotação do barril em 40 dólares sendo que o peso do petróleo nas receitas fiscais angolanas passa de 70% em 2014 para 36,5% este ano. O impacto é deveras forte com uma redução de 30% nas despesas do Estado, ficando a educação com 8% das despesas, a saúde com 4% e as forças de defesa e segurança com 16%. A oposição criticou fortemente um orçamento de austeridade.

Sporting falhou Liga Europa, mas quer ganhar domingo o Porto
28/02/2015 - Desporto

Sporting falhou Liga Europa, mas quer ganhar domingo o Porto

Abrimos este Desporto, deste sábado, 28 de fevereiro, com futebol português, ainda, o afastamento do Sporting, da Liga Europa, mas também o jogo de amanhã contra o Porto a contar para I Liga portuguesa.

27/02/2015 - SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

Cidadãos da CPLP em São Tomé e Príncipe podem obter nacionalidade

O governo são-tomense  vai conceder a nacionalidade deste país a todos cidadãos de Estados membros da CPLP que se encontravam neste arquipélago da África equatorial à data da independência em 1975. Foi fixado o prazo de seis meses, ou seja de 8 de Março a 8 de Agosto de 2015, para que os estrangeiros abrangidos por esta decisão manifestem expressamente o seu desejo de obter a nacionalidade sãto-tomense.

Cena do filme "Timbuktu", do cineasta Abderrahmane Sissako.
27/02/2015 - Cinema/Terrorismo

Filme sobre jihadistas Timbuktu causa polêmica em festival na África

A estreia no maior evento de cinema africano de "Timbuktu", o novo longa do cineasta mauritanês Abderrahmane Sissako, deveria ser o auge do triunfo para a obra que retrata a violenta ...
Países da África Central Debatem Terrorismo Em Luanda
27/02/2015 - Convidado

Países da África Central Debatem Terrorismo Em Luanda

No programa Convidado de hoje, recebemos, Elias Isaac, Director da Fundação Open Society, em Angola, com quem vamos analisar, o Terrorismo Internacional, no momento em que a temática era debatida, em Luanda.

Interior da Ilha de Santiago
26/02/2015 - Ambiente

Cabo-Verdianos e São-Tomenses lutam contra a poluição do plástico

Antero Veiga, ministro cabo-verdiano do ambiente anunciou esta quarta-feira que a partir do dia 1 de Janeiro de 2017, será proibido no país o fabrico, importação e comercialização de sacos de plástico convencional para embalagens.

José Maria Neves, primeiro-ministro de Cabo Verde
26/02/2015 - CABO VERDE

Cabo Verde: consenso sobre revisão do código laboral e subsídio de desemprego

Em Cabo Verde foi obtido um entendimento entre os sindicatos, o Governo e o patronato na reunião do Conselho de Concertação Social que terminou na noite de quarta-feira. No fim do encontro o primeiro ministro, José Maria Neves falou em reunião histórica.

Palácio da Presidência da Guiné-Bissau.
25/02/2015 - Guiné-Bissau

Primeiro-ministro guineense minimiza alegado clima de tensão com o Presidente

O primeiro ministro da Guiné-Bissau, Domingos Simões Pereira foi recebido hoje em audiência pelo Presidente José Mário Vaz para evocar com ele os preparativos da mesa redonda de doadores marcada para 25 de Março em Bruxelas, o chefe do governo guineense tendo indicado que a União Europeia vai pagar a deslocação da comitiva do seu país à reunião.

25/02/2015 - ANGOLA

Parlamento de Angola aprovou orçamento revisto

O Orçamento geral do Estado de 2015 revisto foi aprovado na generalidade nesta quarta-feira pela Assembleia nacional de Angola. Este novo exame parlamentar ficou-se a dever à quebra da cotação do petróleo no mercado internacional. O documento vai implicar um corte de um terço nas despesas totais.

Close