Conteúdo sindicado
Conflito
Mais de 30 pessoas morreram depois dos bombardeios neste sábado (24) na cidade portuária de Mariupol, no leste da Ucrânia.
26/01/2015 - Ucrânia/Violências

Cerca de 500 mineiros ficam bloqueados devido a violentos bombardeios em Donetsk

Cerca de 500 funcionários de uma mina de carvão da cidade de Donetsk, no leste da Ucrânia, estão bloqueados sob a terra, nesta segunda-feira (25), devido a violentos ...
Militares ucranianos nos arredores da cidade de Donetsk, reduto da rebelião separatista no leste da Ucrânia.
25/01/2015 - Conflito/Ucrânia

Rússia e Ucrânia concordam em encontrar solução pacífica, mas trocam acusações

O ministério das Relações Exteriores da Rússia anunciou neste domingo (25) que Moscou está pronta para ajudar a encontrar uma solução pacífica ...
"Europa cada vez mais envolvida numa lógica de guerra"
25/01/2015 - Convidado

"Europa cada vez mais envolvida numa lógica de guerra"

Num ensaio publicado na imprensa portuguesa, Boaventura Sousa Santos, director do Centro de estudos Sociais da Universidade de Coimbra, descreve o actual cenário sociopolítico como uma terceira Guerra Mundial. O sociólogo português reitera que a "Europa cada vez mais envolvida numa lógica de guerra".

Separatista faz a segurança de posto de controle pró-russo em Donetsk.
24/01/2015 - Ucrânia/ conflito

Confrontos matam pelo menos 30 civis em cidade portuária da Ucrânia

Pelo menos 30 civis morreram e 90 ficaram feridos neste sábado (24) em bombardeios com lança-foguetes russos Grad em Mariupol, porto estratégico e última grande cidade do leste separatista pró-russo ainda controlada por Kiev. Os rebeldes prometeram prosseguir com uma ampla ofensiva, após retomarem o aeroporto de Donetsk, em violentos combates na quinta-feira.

Um ônibus elétrico foi atingido por um morteiro em Donetsk, no leste separatista, deixando 13 mortos
23/01/2015 - Ucrânia/Conflito

Líder separatista da Ucrânia rejeita pedido de cessar-fogo

Após uma escalada da violência no leste da Ucrânia, que deixou um saldo de 44 mortos em 24 horas, o líder da autoproclamada república de Donetsk, Alexandre ...
Ucrânia alega ter sido alvo de ataques de tropas russas. Na foto a cidade de Sartan, perto de Mariupol. 20/01/15
21/01/2015 - Ucrânia/Rússia

Reunião em Berlim vai tratar de crise entre Ucrânia e Rússia

Os ministros das Relações Exteriores da Ucrânia, Rússia, Alemanha e França se reúnem nesta quarta-feira (21), em Berlim, para tentar pôr fim a uma nova crise entre Kiev e Moscou. O novo momento de tensão surge após acusações da Ucrânia de que a Rússia teria atacado suas tropas no leste separatista do país.

Serguei Lavrov, à esquerda, e John Kerry, à direita, se encontram em Roma.
14/12/2014 - Kerry/crise ucraniana

John Kerry faz giro diplomático em Roma e Paris nesta segunda

O secretário de Estado americano, John Kerry, se encontra com os colegas da França, Reino Unido e Alemanha nesta segunda-feira (15), em Paris, para discutir maneiras de relançar o processo de paz entre israelenses e palestinos. Antes, em Roma, ele se reúne com o premiê israelense, Benjamin Netanyahu. Neste domingo, foi a vez de falar sobre a crise ucraniana com o homólogo russo, Serguei Lavrov.

O presidente FrançoiHollande deu entrevista exclusiva nesta sexta-feira (27) à RFI e aos canais de televisão France 24 e TV5, no Palácio do Eliseu.
28/11/2014 - Parlamento

Deputados franceses debatem reconhecimento do Estado Palestino

A França pode estar próxima de reconhecer o Estado Palestino.
Comboio militar é visto na região de Donetsk, controlada pelos separatistas.
22/11/2014 - Ucrânia/ Rússia

Kiev diz que 7.500 soldados russos estão na Ucrânia

O governo ucraniano afirmou neste sábado (22) que 7.500 soldados russos estão no leste da Ucrânia, com equipamentos militares, e ajudam os separatistas a combaterem o exército de Kiev. Enquanto isso, em Moscou, o chanceler russo acusou os países ocidentais de querer provocar uma “mudança de regime” na Rússia em meio à crise na região, que completou um ano nesta sexta-feira (21).

O prefeito da cidade de Ashkelon, Itamar Shimoni
20/11/2014 - Israel/Racismo

Prefeito de cidade israelense proíbe operários árabes em creches

Na cidade israelense de Ashkelon, perto da fronteira com a Faixa de Gaza, o prefeito Itamar Shimoni proibiu operários árabes de trabalhar nas construções de abrigos em escolas maternais. Em sua página no Facebook, ele afirmou ter recebido ligações de várias mães preocupadas com seus filhos, depois de ver "indivíduos suspeitos circulando perto das creches". Shimoni teme ataques terroristas.

Close