Conteúdo sindicado
Crescimento
Kwanza e Metical continuam a depreciar-se
31/07/2015 - Economias

Kwanza e Metical continuam a depreciar-se

Nesta edição da rubrica "Economias" fazemos uma análise das depreciações das moedas angolana e moçambicana, respectivamente o Kwanza e o Metical, que, de há meses a esta parte, têm perdido terreno face ao dólar. Os entrevistados são os economistas Carlos Rosado e João Mosca.

Em janeiro, França, tinha tido a primeira queda do desemprego desde agosto de 2014.
01/06/2015 - França/ Economia

Desemprego na França bate novo recorde em abril

Apesar de alguns sinais de retomada econômica, a França levou mais um balde de água fria nesta segunda-feira (1), após a divulgação dos dados mais recentes sobre o desemprego no país, pelo Ministério do Trabalho. Em abril, mais 26,2 mil pessoas ficaram sem trabalho, elevando as estatísticas para um novo recorde de 3,53 milhões de desempregados.

Presidente François Hollande teve a boa notícia de um crescimento econômico de 0.6% no primeiro trimestre de 2015.
13/05/2015 - França/ Economia

Crescimento econômico da França surpreende no 1º trimestre

O crescimento econômico da França no primeiro trimestre deste ano foi maior do que as expectativas, segundo dados oficiais divulgados nesta quarta-feira (13). O país teve o crescimento mais expressivo em dois anos. Ao mesmo tempo, a Alemanha desacelerou em relação à velocidade robusta com que se expandiu no ano passado.

As medidas do BC chinês de reduzir taxas de juros visam estimular a economia.
10/05/2015 - China/economia

BC chinês reduz novamente taxas de juros para estimular economia

O Banco Central da China anunciou neste domingo (10), em seu site na internet, a redução de suas principais taxas de juros para diminuir os custos de empréstimos e sustentar o ...
O comércio está enfraquecido na China.
13/04/2015 - China/ economia

Analistas preveem forte queda do crescimento chinês no 1º trimestre

Com a atividade manufatureira fraca, a diminuição do comércio, o esfriamento do mercado imobiliário e redução no consumo, o crescimento da China deve registrar uma forte queda no primeiro trimestre do ano, apesar dos esforços de Pequim para manter o índice aquecido. Segundo um painel de 15 economistas ouvidos pela agência AFP, a economia chinesa cresceu cerca de 6,9% em um ano.

Para analistas, governo brasileiro usa crise internacional como “bode expiatório”
31/03/2015

Para analistas, governo brasileiro usa crise internacional como “bode expiatório”

A crise internacional é um dos argumentos preferidos do governo brasileiro para explicar os números negativos da economia desde o ano passado. Mas, na opinião de analistas na Europa, as turbulências no exterior não justificam a queda do crescimento econômico e a perspectiva de recessão no país.

Setor automotivo tem sofrido com a conjuntura econômica e deve registrar maior queda de vendas dos últimos 16 anos.
27/03/2015 - Brasil/ economia

Economia brasileira estagna e país se prepara para entrar em recessão

A economia Brasil estagnou em 2014, com um crescimento de 0,1%, segundo números divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (27), um índice levemente superior ao previsto pelo Banco Central (de -0,1%) ou os mercados (0%). O país se prepara para enfrentar uma recessão em 2015.

Lou Jiwei, ministro da Economia da China.
06/03/2015 - China/Economia

China propõe política fiscal expansionista

O ministro da Economia da China, Lou Jiwei, informou que vai lançar um plano de estímulo ao consumo e uma política fiscal expansionista, para garantir o crescimento sustentado da ...
o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, apresentou o relatório anual de trabalho do governo e as principais metas..
05/03/2015 - China/Política

Governo chinês anuncia crescimento de 7% em 2015 e tolerância zero com corrupção

O governo chinês prevê um crescimento de 7% em 2015, anunciou nesta quinta-feira (5) o primeiro-ministro Li Keqiang na abertura da sessão plenária anual da Assembleia ...
A saga sangrenta de Boko Haram
27/02/2015 - Revista de Imprensa

A saga sangrenta de Boko Haram

Esta a manchete do diário de esquerda Libération, que hoje dedica uma dezena de páginas à progressão mortífera desta seita radical islâmica na Nigéria e no Chade, a conferência de Berlim que há 130 anos redesenhou o continente africano em proveito dos colonizadores também é destaque na imprensa desta sexta-feira, tal como a tímida retoma da economia em França, ou o acesso equitativo à Internet nos Estados Unidos.

Close