Conteúdo sindicado
Egito
Policiais egípcios durante a evacuação da mesquita de Al-Fath, no Cairo, neste sábado, dia 17 de agosto.
17/08/2013 - Egito/Conflito

Polícia e manifestantes islamitas se enfrentam durante evacuação de mesquita no Cairo

Novos confrontos e violências foram registrados neste sábado, dia 17 de agosto, no Cairo. A polícia evacuou à força, nesta tarde, a mesquita de Al-Fath, onde milhares de manifestantes islamitas estavam sitiados desde sexta-feira à noite. As forças de ordem haviam prometido que os retirariam sem violência, mas segundo a imprensa no local, houve troca de tiros entre policiais e partidários do presidente deposto Mohamed Mursi.

Cerca de mil manifestantes islamitas estão sitiados na mesquita de Al-Fath, no Cairo, neste sábado, dia 17 de agosto.
17/08/2013 - Egito/Violências

Milhares de islamitas seguem sitiados em mesquita no Cairo e prevêem novo "banho de sangue"

Desde a manhã deste sábado, dia 17 de agosto, a polícia sitia milhares de manifestantes na mesquita de Al-Fath, no Cairo, aumentando o medo de uma nova tragédia, após a morte de quase 600 pessoas na última quarta-feira. Os islamitas dizem não duvidar que um novo banho de sangue aconteça hoje. Já as forças de ordem se declaram comprometidas a não agir com violência na evacuação do local.

Partidários do presidente deposto Mohamed Mursi durante protestos nessa sexta-feira no Cairo.
17/08/2013 - Egito/Crise

Irmandade Muçulmana convoca novos protestos neste sábado no Egito

Após os confrontos que fizeram dezenas de mortos na sexta-feira, 16 de agosto, no Cairo, e o massacre liderado pelo exército que deixou mais de 500 vítimas fatais na ...

Manifestantes em conflito com a polícia no Cairo nesta sexta-feira, 16 de agosto de 2013.
16/08/2013 - Egito/Protestos

Manifestantes entram em confronto com polícia no Egito

Ao menos 27 pessoas morreram nesta sexta-feira por todo o Egito, em confrontos entre partidários do presidente deposto Mohamed Mursi e forças de ordem, de acordo com dados do ...

Apoiadores do presidente deposto  Mohamed Mursi protestam contra o massacre no Egito, nesta sexta-feira, 16 de agosto de 2013.
16/08/2013 - Egito/Protestos

Partidários de Mursi voltam às ruas e preocupam União Europeia

Com palavras de ordem como "Abaixo o regime militar", milhares de partidários de Mohamed Mursi tomaram as ruas do centro do Cairo nesta sexta-feira, batizada de "dia de fúria" pela Irmandade Muçulmana, grupo do presidente deposto. O exército foi deslocado para pontos estratégicos da capital para assegurar o protesto, que acontece dois dias depois que as forças de ordem dispersaram violentamente manifestantes que ocupavam duas praças depois de seis semanas.

Imagens da TV mostram as ruas do Egito após o massacre desta quarta-feira, 14 de agosto de 2013.
16/08/2013 - Egito/Crise política

Jornais franceses condenam massacre no Egito

Os jornais franceses desta sexta-feira, 16 de agosto de 2013, comentam a situação tensa do Egito e se perguntam o que acontecerá no país após a violenta repressão de manifestações dos partidários do presidente deposto Mohamed Mursi.

Partidários do presidente deposto Mohammed Mursi protestam contra violência
16/08/2013 - Egito/massacre

Egito se prepara para mais um dia de protestos depois de massacre

O Egito se prepara para mais um dia de possíveis confrontos após islamitas terem convocado marchas pelo país em protesto às mais de 600 mortes causadas pela ação das forças de segurança contra simpatizantes do presidente deposto, Mohamed Mursi.

Egito é prova de fracasso de islamismo político
16/08/2013 - Fato em Foco

Egito é prova de fracasso de islamismo político

A crise no Egito inicia um novo capítulo essa semana, após as violentas intervenções das forças de segurança para dispersar a resistência dos partidários do presidente deposto Mohamed Mursi, deixando centenas de mortos. Desde a destituição no último 3 de julho de Mursi da Irmandade Muçulmana pelo exército egípcio, manifestações cotidianas pró e contra islamitas tomaram as ruas da capital Cairo e de outras cidades do país.

O presidente americano Barack Obama condenou a ação policial no Egito
15/08/2013 - Estados Unidos/Egito

Estados Unidos pedem que norte-americanos deixem o Egito

O presidente Barack Obama voltou a falar nesta quinta-feira (15) sobre o massacre no Egito, que deixou mais de 500 mortos nesta quarta-feira. Ele condenou novamente a violência, disse que os americanos não se posicionam a favor de nenhuma corrente política, e disse que cabe aos egípcios determinarem seu futuro. O chefe da Casa Branca também pediu que os cidadãos norte-americanos deixem o território egípcio.

O presidente francês François Hollande pediu o fim da violência no Egito
15/08/2013 - França/Egito

François Hollande convoca embaixador do Egito e pede fim da violência

O presidente francês François Hollande pediu o fim do estado de emergência no Egito depois de convocar o embaixador do país na França, nesta quinta-feira (15). Hollande disse que tudo será feito para "evitar a guerra civil no país."

Close