Conteúdo sindicado
Eleição presidencial
Ucrânia à beira da guerra civil
14/04/2014 - Revista de Imprensa

Ucrânia à beira da guerra civil

A operação anti-terrorista lançada no oeste da Ucrânia, ocupada por pró-russos, poderá servir de pretexto a uma intervenção directa do presidente Vladimir Putin, que colocou cerca de 40 mil soldados em alerta, ao longo da fronteira comum, este é o tema dominante nas manchetes dos jornais desta segunda-feira (14/04)

Luis Guillermo Solís, candidato do Partido Ação Cidadã (PAC).
06/04/2014 - Costa Rica/eleição presidencial

Eleitores vão ao segundo turno presidencial de apenas um candidato na Costa Rica

Os costa-riquenos vão às urnas neste domingo (6) para um insólito segundo turno das eleições presidenciais, com apenas um candidato. O centrista Luis Guillermo Solis, do Partido Ação Cidadã, tinha como adversário Johnny Araya, de direita, que se retirou da corrida diante de pesquisas que anunciavam sua derrota.

Eleitor deposita voto em urna, na capital afegã, Cabul.
05/04/2014 - Afeganistão/eleição presidencial

Apesar de ameaças dos talebãs, afegãos vão às urnas

As eleições presidenciais neste sábado (5), no Afeganistão, foram marcadas pela calma e presença massiva de eleitores, apesar das ameaças dos extremistas talebãs de perturbar o pleito. A votação é vista como um teste crucial para a estabilidade política do país. O vencedor vai substituir Hamid Karzai, que não pode concorrer a um terceiro mandato.

Afegãos fazem fila para votar no primeiro turno da eleição presidencial  no dia 05/04/2014.
05/04/2014 - Afeganistão/eleição

Afeganistão vai às urnas para escolher novo presidente

Os eleitores do Afeganistão vão às urnas neste sábado (5) para escolherem o novo presidente do país. Essa eleição é vista como um teste crucial para a estabilidade política do país que continua a ser ameaçado por ataques terroristas perpetrados por talibãs. Segundo a Constituição, o atual presidente, Hamid Karzai, não pode concorrer a um terceiro mandato.

Novo presidente afegão deve conter avanço dos talibãs
04/04/2014 - Fato em Foco

Novo presidente afegão deve conter avanço dos talibãs

Sob a ameaça constante de atentados terroristas e fraudes eleitorais, os afegãos vão às urnas neste sábado para escolher o próximo presidente. O atual dirigente, Hamid Karzai, chega ao fim de 13 anos de governo com um balanço contestado – o país enfrenta um pico de instabilidade, com o avanço perigoso dos talibãs, a economia está dilacerada e as incertezas sobre o futuro são completas, já que as tropas internacionais americanas e da Otan sairão do país até o final do ano.

A presidente Dilma Rousseff em cerimônia de assinatura de contratos de concessão de rodovias federais, no dia 12 de março de 2014.
27/03/2014 - Pesquisa CNI/Ipobe

Aprovação ao governo Dilma cai sete pontos e vai a 36%

Na primeira pesquisa Ibope do ano divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o índice de aprovação da presidente Dilma Rousseff caiu sete pontos percentuais recuando para 36% em março, contra 43% em novembro passado. A aprovação pessoal de Dilma também declinou de 56% para 51%.

A visão de Luís Nancassa, candidato às presidenciais na Guiné-Bissau
26/03/2014 - Convidado

A visão de Luís Nancassa, candidato às presidenciais na Guiné-Bissau

A Guiné-Bissau encontra-se com os olhos postos sobre as eleições gerais de 13 de Abril, os candidatos percorrendo desde Sábado o país de lés a lés, nomeadamente Luís Nancassa, presidente do sindicato dos professores Sinaprof que se encontra novamente na corrida às presidenciais na qualidade de candidato independente. Ao referir-se aos seus projectos para a Guiné-Bissau, Luís Nancassa começa por evocar a ocorrência que marcou o início da campanha, o sequestro e espancamento na semana passada de Mário Fambé, candidato a deputado.

Nicolas Sarkozy não se exprimia oficialmente em público desde 2012.
21/03/2014 - França/Sarkozy/Justiça

Nicolas Sarkozy reage pela primeira vez às acusações de corrupção

O ex-presidente francês, Nicolas Sarkozy, reagiu pela primeira vez às acusações de corrupção que vem sofrendo nos últimos dias.

CNE, Bissau
18/03/2014 - Guiné-Bissau

Cadernos eleitorais entregues à Comissão Nacional de Eleições da Guiné-Bissau

A menos de um mês das eleições gerais de 13 de Abril, o governo de transição entregou esta terça-feira os cadernos eleitorais ao presidente da Comissão Nacional de Eleições, ao cabo de cerca de dois meses de recenseamento em vez dos 21 dias inicialmente previstos.

No dia 19 de janeiro, Bashar al-Assad disse que havia "fortes chances" de ele se candidatar à reeleição
14/03/2014 - Síria/Eleições

Com nova lei, Damasco exclui opositores de eleições de julho

Quem quiser concorrer à presidência da Síria no próximo mês de julho precisa ter vivido permanente e continuamente no país nos últimos dez anos.

Close