Últimas notícias
Conteúdo sindicado
Eleição presidencial
Favorito nas eleições presidenciais egípcias, Abdel Fattah al-Sissi, ao centro, chega com seguranças para votar no Cairo.
26/05/2014 - Egito/Presidenciais

Egípcios vão às urnas para escolher o novo presidente do país

Os eleitores egípcios começaram a votar nesta segunda-feira (26) para escolher o novo presidente do país.
Em primeiro plano, o candidato do Centro Democrático, Óscar Iván Zuluaga.
26/05/2014 - Colômbia/Eleição

Zuluaga e Santos devem disputar 2° turno da presidencial na Colômbia

O candidato do Centro Democrático, Óscar Iván Zuluaga, e o presidente Juan Manuel Santos, que tenta a reeleição, foram os mais votados no primeiro turno da ...
Petro Porochenko fala a simpatizantes, logo após divulgação das pesquisas de boca de urna.
26/05/2014 - Ucrânia/Presidencial

Magnata pró-ocidental vence presidencial ucraniana no 1° turno

O milionário pró-ocidental Petro Porochenko é dado como favorito para vencer a eleição presidencial ucraniana realizada neste domingo (25).
Armando Guebuza (à direita) e Afonso Dhlakama (à esquerda)
23/05/2014 - Moçambique

Moçambique: Afonso Dhlakama quer garantias para entrar em campanha

O líder da Renamo, Afonso Dhlakama, quer "sair das matas" e fazer pré-campanha com na mira as eleições gerais de 15 de Outubro, e para tal pede ao presidente Armando Guebuza que retire as tropas que o "cercam", na região da Gorongosa, no centro do país

Militante pró-russo perto de  Slaviansk no elste da Ucrânia.
23/05/2014 - Imprensa

Com eleição, Ucrânia tenta virar a página da crise política

No próximo domingo, a Ucrânia vai tentar virar a página da crise política e escolher um novo presidente depois da queda de Viktor Yanukovitch em fevereiro passado. Essa eleição, porém, está cercada por muitas dúvidas. Além da crise ucraniana, os jornais franecses desta sexta-feira (23) também se interessam pela visita do papa à terra Santa.

Petro Porochenko, milionário ucraniano apontado como favorito na eleição presidencial de domingo.
23/05/2014 - Ucrânia/Presidencial

Candidatos ucranianos encerram campanha em clima de guerra civil

Os candidatos à eleição presidencial de domingo (25) na Ucrânia organizam seus últimos comícios, mas boa parte da população ainda não sabe se vai conseguir votar. O exército e separatistas pró-russos travam intensos combates no leste do território ucraniano, em Slaviansk e Karlakova, a 30 km de Donetsk.

A brasileira Mariana Rocha, da Parceria Internacional para os Direitos Humanos, em Bruxelas.
23/05/2014 - UE/Direitos Humanos

Situação dos direitos humanos piora na Ucrânia e na Rússia, constata ong IPHR

A atual crise política na Ucrânia e o envolvimento da Rússia no conflito estão sendo monitorados pela ong Parceria Internacional para os Direitos Humanos, do inglês International Partnership for Human Rights (IPHR). A entidade tem sede em Bruxelas e atua como grupo de influência no Parlamento Europeu.

Negociações com as Farc viram foco das eleições na Colômbia
23/05/2014 - Fato em Foco

Negociações com as Farc viram foco das eleições na Colômbia

A Colômbia vai às urnas neste domingo (25) para o primeiro turno das eleições presidenciais, após uma campanha marcada por escândalos e denúncias entre os principais candidatos, e principalmente sobre o futuro das negociações de paz com as Farc. O atual presidente, Juan Carlos Santos, busca a reeleição e enfrenta três opositores, mas a batalha se polarizou contra o conservador Oscar Zuluaga.

Dois milhões de eleitores terão dificuldades para votar no leste da Ucrânia
23/05/2014 - Linha Direta

Dois milhões de eleitores terão dificuldades para votar no leste da Ucrânia

A dois dias das primeiras eleições presidenciais na Ucrânia após a deposição de Viktor Yanukovich, a violência voltou ao leste do país. Em uma tentativa de impedir o pleito nas regiões de Donetsk e de Slaviansk, grupos separatistas vêm realizando ataques armados contra tropas do Exército. Cerca de dois milhões de pessoas terão grandes dificuldades de votar em regiões do leste do país.

22/05/2014 - GUINÉ-BISSAU

Nuno Nabian aceitou resultados na Guiné-Bissau

Nuno Nabian alegou ter decidido não impugnar os resultados da segunda volta das eleições presidenciais guineenses do passado domingo em nome da paz. O candidato independente, apoiado pelo PRS, afirma porém manter a sua versão de que teria sido roubado. Ele promete estender a mão ao candidato vencedor, José Mário Vaz, do PAIGC.

Close