Conteúdo sindicado
Eleição presidencial
Luis Guillermo Solís, candidato presidencial de centro disputará em abril o segundo turno pela presidência da Costa Rica.
03/02/2014 - Eleições/América Central

Eleição presidencial na Costa Rica terá segundo turno

Os resultados preliminares das eleições presidenciais na Costa Rica realizadas no domingo (2) apontam para um segundo turno entre os candidatos Luis Guillermo Solís, do Partido Ação Cidadã (Acción Ciudadana) e Johnny Araya, do Partido Liberação Nacional.

23/01/2014 - MOÇAMBIQUE

Moçambique: Alice Mabote não exclui candidatura às presidenciais

A presidente da Liga Moçambicana dos Direitos Humanos, Alice Mabote, diz que ainda é cedo para apresentar qualquer candidatura às eleições presidenciais de Outubro, mas não exclui essa possibilidade.

Paulo Gomes, economista guineense, candidato independente às presidenciais de 2014
10/01/2014 - Guiné Bissau

Fórum da Guiné Bissau, coligação de partidos quer ganhar próximas eleições

Uma coligação de 23 partidos, denominada Fórum da Guiné Bissau, acaba de ser criada no país, com o objectivo de ganhar as próximas eleições gerais, previstas para março deste ano.

Estudo mostra que protestos evidenciam fragilidade do governo do PT
10/01/2014 - Reportagem

Estudo mostra que protestos evidenciam fragilidade do governo do PT

Passados mais de 10 anos de governo petista, os protestos que movimentaram o Brasil em meados de 2013 despertaram o Partido dos Trabalhadores (PT) para a desconexão da sigla com os movimentos sociais e a classe média brasileira. As manifestações ainda evidenciaram a fragilidade do poder do partido que, dependente das alianças no Legislativo para conseguir governar, acabou por abandonar ou adiar as principais promessas feitas no auge da mobilização, em junho.

Ex chefe de Estado guineense, Kumba Yalá, fundador do PRS
01/01/2014 - GUINÉ-BISSAU

Ex presidente da Guiné-Bissau, Kumba Yalá, deixa política

O antigo presidente guineense, Kumba Yalá, anunciou publicamente hoje renunciar à vida política activa por "haver um tempo para tudo".  Por conseguinte aquele que fora derrubado por um golpe de Estado em 2003 desiste da corrida rumo às eleições agendadas para 16 de Março deste ano.

Reforma de constituição herdada de Pinochet é maior desafio de Bachelet
16/12/2013 - Linha Direta

Reforma de constituição herdada de Pinochet é maior desafio de Bachelet

Michelle Bachelet volta ao poder no Chile triunfante. Ela obteve 62,2% dos votos contra 37,8% da candidata oficialista, Evelyn Matthei no segundo turno, ou seja, com mais de 24 pontos de diferença. A reforma da constituição de 1981, criada pelo ditador Augusto Pinochet, considerada ilegítima, autoritária e neoliberal é um dos grandes desafios de Bachelet neste novo mandato. “Uma missão praticamente impossível”, diz o correspondente da RFI, Marcio Resende, de Buenos Aires.

A socialista Michelle Bachelet vence o segundo turno das eleições presidenciais no Chile.
16/12/2013 - Chile/Eleição

Michelle Bachelet é eleita com folga no Chile

A socialista Michelle Bachelet volta à presidência do Chile com promessas de mudanças profundas na sociedade e na política chilena. Com 99,97% dos votos apurados, Bachelet venceu o segundo turno da eleição presidencial disputada neste domingo com 62,1% dos votos contra 37,8% da representante governista Evelyn Matthei.

Ex-presidente já depositou o seu voto em uma urna de Santiago.
15/12/2013 - Chile/ eleições

Bachelet é favorita em 2º turno de eleições presidenciais no Chile

A ex-presidente socialista Michelle Bachelet é a grande favorita no segundo turno das eleições presidenciais chilenas neste domingo. Ela concorre contra a candidata da direita, Evelyn Matthei. Mais de 13 milhões de eleitores - de uma população de 16,5 milhões - estão registrados para votar em todo o país, segundo o Serviço Eleitoral (Servel).

Juan Orlando Hernández, advogado, festeja vitória nas eleições presidenciais de Honduras.
26/11/2013 - Honduras/eleições presidenciais

TSE de Honduras declara vitória de Hernández como “irreversível”

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de Honduras declarou na noite desta segunda-feira que a vitória do candidato conservador às eleições presidenciais Juan Orlando Hernandez é “irreversível”. Apesar do anúncio, as tensões no pequeno país da América Central continuam devido às denúncias de fraudes feitas pela candidata de esquerda Xiomara Castro que também se auto-declarou vitoriosa nas urnas.

Fotomontagem dos candidatos favoritos a vencer as presidenciais de Honduras, Xiomara Castro e Juan Orlando Hernández.
25/11/2013 - Honduras/Presidencial

Esquerda e direita reivindicam vitória na presidencial em Honduras

O candidato de direita Juan Orlando Hernández e a esquerdista Xiomara Castro se declaram vencedores da eleição presidencial disputada neste domingo em Honduras. O Supremo Tribunal Eleitoral hondurenho (TSE) deve publicar ainda hoje o resultado da votação. Porém, ontem à noite, o presidente do TSE, David Matamoros, afirmou que de acordo com resultados preliminares "não havia um ganhador".

Close