Conteúdo sindicado
Guiné-Bissau
Benfica festejado na África Lusófona
21/04/2014 - Desporto

Benfica festejado na África Lusófona

O Benfica festejou ontem à noite a conquista do trigésimo terceiro título de Campeão de Portugal de futebol, após vencer por 2-0 o Olhanense num jogo a contar para a vigésima oitava jornada do campeonato.

Os festejos realizaram-se em todo o território luso, em outras partes do mundo como em Paris, e igualmente na África Lusófona.

A RFI entrevistou Daniel Delgado, treinador na escola Geração Benfica de Mindelo em Cabo Verde, que relembrou a grandeza do clube no arquipélago e também concordou com a homenagem feita pelo presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, às duas antigas glórias do clube que faleceram em 2014, Eusébio e Mário Coluna.

Sede da Comissão Nacional de Eleições, na cidade de Bissau.
20/04/2014 - GUINÉ-BISSAU

PAIGC ganha deputados da diáspora

O PAIGC conquistou os dois deputados eleitos pela diáspora nas eleições legislativas de domingo passado. O anúncio foi feito pela Comissão Nacional de Eleições. Assim sendo, o Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) terá uma maioria absoluta de 57 deputados na Assembleia Nacional Popular, o Partido da Renovação Social (PRS) fica com 41 deputados, o Partido da Convergência Democrática com dois, o Partido da Nova Democracia com um e também com um deputado fica a União para a Mudança.

A Guiné-Bissau já prepara a 2ª volta das presidenciais
19/04/2014 - Semana em África

A Guiné-Bissau já prepara a 2ª volta das presidenciais

Esta semana em África ficou marcada pelas eleições gerais na Guiné Bissau cuja primeira volta se realizou no passado domingo. Este escrutínio capital para o fim da transição politica guineense teve uma taxa de participação de cerca de 80%, um nível jamais atingido no país.

Guiné-Bissau rumo a segunda volta das eleições presidenciais
17/04/2014 - Convidado

Guiné-Bissau rumo a segunda volta das eleições presidenciais

O sociólogo e investigador guineense Miguel de Barros, analisa os resultados provisórios das eleições gerais de 13 de Abril, que garantem a maioria absoluta no parlamento ao PAIGC, cujo candidato às presidenciais José Mário Vaz vai disputar a segunda volta com o candidato independente Nuno Nabian, que teve o apoio do recentemente falecido e carismático antigo presidente Kumba Yalá.

Votação em Bissau a 13 de Abril de 2014.
16/04/2014 - GUINÉ-BISSAU

Guiné-Bissau: Fernando Vaz aponta o dedo a Ana Gomes e Ramos-Horta

Enquanto se aguardava a divulgação dos resultados preliminares das eleições gerais na Guiné-Bissau, surgiu nova polémica. Fernando Vaz, líder do partido União Patriótica Guineense, apontou o dedo a “personagens que gostavam de deitar gasolina em cima do fogo”, nomeando a eurodeputada portuguesa Ana Gomes e o representante das Nações Unidas na Guiné-Bissau, Ramos-Horta.

Guiné-Bissau: os eleitores terão mudado de comportamento ?
16/04/2014 - Convidado

Guiné-Bissau: os eleitores terão mudado de comportamento ?

O politólogo guineense Rui Landim comenta o xadrez político nacional em torno do escrutínio de domingo. Uma mobilização em massa, nomeadamente, o significado do voto jovem, a descrença dos cidadãos em relação ao Estado são algumas das tónicas aqui abordadas.

Ameaças sobre ecossistemas na Guiné-Bissau
15/04/2014 - Convidado

Ameaças sobre ecossistemas na Guiné-Bissau

O abate de árvores e a exploração mineira foram dois temas amplamente debatidos na campanha eleitoral que antecedeu o escrutínio do passado domingo. Nelson Dias, chefe de programa da União mundial para a conservação da natureza na Guiné-Bissau, passa em revista os desafios com que serão confrontadas as futuras autoridades deste país da África ocidental.

13/04/2014 - GUINÉ-BISSAU

Afluência nas eleições gerais da Guiné-Bissau

Os guineenses ter-se-ão mobilizado em número para as eleições gerais que é suposto escolherem o novo parlamento, novo governo, e um novo chefe de Estado. O escrutínio ocorreu dois anos após o golpe de Estado que impedira a realização da segunda volta das eleições presidenciais de 2012. 775 508 cidadãos estavam registados no país e na diáspora.

Guiné-Bissau foi a votos
13/04/2014 - Convidado

Guiné-Bissau foi a votos

O politólogo guineense Rui Jorge abordou com a reportagem da RFI em Bissau a situação política guineense. As eleições gerais deste domingo é suposto encerrarem a transição encetada há dois anos após o golpe de Estado que impedira a realização da segunda volta do escrutínio presidencial de 2012.  Ouça aqui o diagnóstico que ele faz da situação neste país da África ocidental.

Guineenses no dia que antecede as eleições gerais.
12/04/2014 - GUINÉ-BISSAU

Contagem decrescente para as eleições gerais na Guiné-Bissau

Hoje é dia de reflexão na Guiné-Bissau para as eleições gerais de amanhã. As presidenciais e legislativas deste domingo são o último passo no período de transição política que se vive desde o golpe de 12 de abril de 2012. A população e a comunidade internacional esperam que o voto traga a estabilidade num país minado pela violência politico-militar e pela extrema pobreza.

Close