Conteúdo sindicado
Guiné Bissau
Guiné-Bissau a um mês das eleições gerais
15/03/2014 - Semana em África

Guiné-Bissau a um mês das eleições gerais

A menos de um mês das eleições gerais, Bissau vive avanços e recuos no que toca ao financiamento e a candidatos na corrida presidencial. Angola registou, esta semana, mais um momento de tensão entre militantes da UNITA e do MPLA. As autoridades cabo-verdianas estiveram reunidas com os deputados da CEDEAO. Decorreu a 43ª ronda de negociações entre a Renamo e o Governo para por fim à tensão político-militar que se arrasta há mais de um ano.

Paulo Drummond, chefe da missão do FMI e José Mário Vaz, antigo ministro das Finanças da Guiné-Bissau, a 18 de Abril de 2010.
13/03/2014 - Guiné-Bissau

José Mário Vaz pode candidatar-se às eleições gerais de Bissau

O Supremo Tribunal de Justiça ouviu os argumentos do Procurador-Geral da República, Abdu Mané, e do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) e decidiu que o candidato José Mário Vaz se pode candidatar às eleições gerais da Guiné-Bissau.

Comissão Nacional de Eleições em Bissau
12/03/2014 - Guiné-Bissau

Timor-Leste doou 200 mil dólares à Comissão eleitoral de Bissau

Falta pouco mais de um mês para as eleições gerais na Guiné-Bissau. Hoje a Comissão Nacional de Eleições (CNE) recebeu um cheque no valor de 200 mil dólares pelo Governo de Timor-Leste, no quadro dos preparativos para as eleições agendadas para 13 de Abril.

Partido no poder em Moçambique tem candidato para as presidenciais
08/03/2014 - Semana em África

Partido no poder em Moçambique tem candidato para as presidenciais

No final da semana passada, a Frelimo, partido no poder em Moçambique escolheu o seu candidato para as presidenciais de 15 de Outubro, Filipe Nyusi, ministro moçambicano da defesa. Também a marcar a actualidade desta semana, esteve a Guiné-Bissau onde acabou o prazo para a apresentação das candidaturas para as eleições gerais, 21 personalidades tendo formalizado a sua intenção de concorrerem para a presidência da República.

Justiça guineense decide futuro do candidato presidencial do PAIGC
07/03/2014 - Convidado

Justiça guineense decide futuro do candidato presidencial do PAIGC

"Eu penso que o Supremo Tribunal de Justiça, ao analisar a candidatura [de José Mário Vaz do PAIGC] poderá decidir pela rejeição da candidatura; uma ...
Faustino Imbali, candidato à presidência da Guiné-Bissau
05/03/2014 - Convidado

Faustino Imbali, candidato à presidência da Guiné-Bissau

Hoje é o último dia para a formalização das candidaturas às presidenciais na Guiné-Bissau, sendo numerosas as figuras políticas que pretendem entrar na corrida, nomeadamente Faustino Imbali, líder do partido Manifesto do Povo e antigo ministro dos negócios estrangeiros do governo de transição.
Em entrevista à RFI, Faustino Imbali enunciou aquelas que considera serem as prioridades para a Guiné-Bissau.

Parlamento de Bissau.
03/03/2014 - Guiné-Bissau

José Mário Vaz candidato do PAIGC às eleições guineenses

O Comité Central do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) escolheu, este fim-de-semana, o seu candidato afastando a candidatura do antigo Primeiro-ministro José Carlos Gomes Junior. Numa altura em que o actual presidente de transição guineense, Serifo Nhamadjo, desmentiu rumores quanto à uma possível candidatura às eleições presidências.

Reunião do Comité Central do partido no poder em Moçambique
01/03/2014 - Semana em África

Reunião do Comité Central do partido no poder em Moçambique

A marcar a actualidade desta semana tem estado a reunião do Comité Central da Frelimo em que se deve escolher quem vai suceder ao presidente do partido, Armando Guebuza, também chefe do Estado Moçambicano. Outro dado que marcou os últimos dias foi a marcação de uma nova data para as presidenciais da Guiné-Bissau, doravante fixadas para o dia 13 de Abril e o avanço de cerca de 10 candidaturas a esta eleição.

Domingos Quadé: "Sou um candidato às presidenciais absolutamente independente"
28/02/2014 - Convidado

Domingos Quadé: "Sou um candidato às presidenciais absolutamente independente"

"Neste país, [Guiné Bissau] há coisas que têm que constituir a máxima prioridade, para nos nos reencontrarmos, enquanto país.
Entrada da sede do PAIGC em Bissau
24/02/2014 - Guiné-Bissau

Primeiro-ministro deposto da Guiné-Bissau pede apoio do PAIGC para a presidência

Carlos Gomes Júnior, primeiro-ministro deposto aquando do golpe de Estado de Abril de 2012, formalizou um pedido de apoio do PAIGC, Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde, para a sua candidatura às eleições presidenciais de 13 de Abril, nove outros militantes do partido tendo igualmente pedido este mesmo apoio para as suas respectivas candidaturas.

Close