Últimas notícias
Conteúdo sindicado
Matéria-prima
Ron Kirk, ministro norte-americano do Comércio Exterior, celebrou a condenação da OMC.
30/01/2012 - OMC/China

OMC condena China por restrições sobre matérias-primas

A Organização Mundial do Comércio confirmou nesta segunda-feira a condenação da China sobre as restrições impostas por Pequim para a ...

Preço das matérias-primas vai ficar elevado, segundo OCDE e FAO
17/06/2011 - Fato em Foco

Preço das matérias-primas vai ficar elevado, segundo OCDE e FAO

O risco de volatilidade no preço das matérias-primas deve permanecer elevado nos próximos anos devido à dificuldade dos países em restabelecer seus estoques, à especulação financeira nos mercados de commodities e às flutuações nas taxas de câmbio em relação ao dólar. As conclusões são do relatório Perspectivas Agrícolas Mundiais para o período 2011-2020, publicado nesta sexta-feira, em Paris, pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e a Agência das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). Ouvimos Céline Giner, economista da OCDE.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, durante reunião em Bruxelas para debater alta das commodities.
14/06/2011 - Agricultura/G20

Sarkozy insiste na regulação dos mercados de matérias-primas agrícolas

A uma semana da reunião de ministros da Agricultura do G20, em Paris, Nicolas Sarkozy, que exerce a presidência rotativa do grupo, voltou a insistir numa regulamentação mais rigorosa dos mercados de matérias-primas agrícolas. O líder francês defende a criação de um sistema de informações internacional com dados sobre os estoques de cereais calcado no modelo do petróleo.

Especulação favorece volatilidade no preço das matérias-primas
07/06/2011 - Economia

Especulação favorece volatilidade no preço das matérias-primas

A especulação financeira tem contribuído para a volatlidade no preço das matérias-primas, criando bolhas especulativas. Essa é a principal conclusão de um novo estudo divulgado nesta segunda-feira pela Unctad, a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento. No documento, a agência da ONU não defende a regulação dos preços das commodities, como sugeriu recentemente o presidente francês, Nicolas Sarkozy, mas pede mais transparência sobre os estoques e maior regulação dos agentes financeiros que especulam no mercado de commodities, como nos explica Alfredo Calcagno, economista da Unctad.

Ministros da Agricultura do G20 discutem alta dos alimentos
20/05/2011 - Fato em Foco

Ministros da Agricultura do G20 discutem alta dos alimentos

Os ministros da Agricultura do G-20 estão reunidos em Buenos Aires para discutir a alta dos preços dos alimentos. Ocupando atualmente a presidência rotativa do G20, a França propõe o estabelecimento de normas comuns e harmonizadas de regulação dos mercados para evitar abusos e manipulações de preços. Já países como a Argentina, Austrália e Brasil propõem o desenvolvimento da produção na África, América do Sul e Oceania como forma de controlar os preços. Para Fernando Meirelles Pimentel, secretário-adjunto da Secretaria de Assuntos Internacionais do Ministério brasileiro da Fazenda, é preciso separar a demanda dos problemas climáticos e da especulação dos preços para compreender o problema.

Close