Conteúdo sindicado
Nuclear
Os drones são guiados à distância por controle remoto.
01/11/2014 - França

Drones misteriosos continuam a sobrevoar usinas nucleares na França

Os franceses estão diante de um mistério. Drones desconhecidos voltaram a sobrevoar cinco usinas nucleares francesas nesta sexta-feira (31), sem que se saiba a origem dos aparelhos.
Japão inicia retomada de energia nuclear no país
29/10/2014 - Linha Direta

Japão inicia retomada de energia nuclear no país

O Japão deu um passo nesta semana em direção à retomada do uso de energia nuclear no país, mais de três anos e meio após a tragédia de 2011 em Fukushima. Satsumasendai, uma cidade no sudoeste do Japão, se tornou a primeira do país a aprovar o reinício das operações de uma usina nuclear no complicado processo japonês de reviver uma indústria que ficou ociosa devido à catástrofe pós-terremoto e Tsunami.

O líder norte-coreano Kim Jong Un
05/09/2014 - Coreia do Norte/AIEA

Coreia do Norte pode ter reativado reator capaz de produzir plutônio, diz AIEA

A Coreia do Norte pode ter reativado o reator nuclear de Yongbyon, capaz de produzir plutônio para suas bombas atômicas, segundo a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA). A informação consta em um relatório que vazou para a imprensa francesa.

Nikolai Spasky, subdiretor da Rosatom, viajou a Teerã para falar sobre a construção de uma nova central nuclear em Bushehr.
23/06/2014 - Rússia/Irã

Rússia e Irã chegam a acordo para construção de usinas nucleares no país

A Rússia e o Irã chegaram a um acordo nesta segunda-feira (23) que viabilizará a construção de duas centrais nucleares na cidade iraniana de Bouchehr, no sudoeste do país. De acordo com o Irã, os contratos que formalizam a decisão deverão ser assinados até o final do ano.

O reator de Arak terá a produção de plutônio limitada, para atender as exigências da comunidade internacional.
19/04/2014 - Irã/Nuclear

Irã anuncia que problema com reator que emperra negociações "está resolvido"

O Irã afirmou neste sábado que a questão do reator de água pesada de Arak, ao sul da capital, um dos principais pontos de conflito nas negociações nucleares com as potências internacionais, foi resolvido. Segundo Teerã, este foi um passo à frente rumo a um acordo definitivo para resolver a crise do programa nuclear iraniano.

O ministro persa das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif, participará de um jantar com a Chefe da diplomacia da UE, Catherine Ashton onde discutirão programa nuclear iraniano. Na foto encontro em Viena, 19 de março de 2014.
07/04/2014 - Irã/Programa nuclear

Irã busca redigir acordo final sobre programa nuclear

Entre terça (8) e quarta-feira, o Irã pretende encerrar as discussões com as grandes potências ocidentais para iniciar a redação de um projeto de acordo final ...
Japão lembra 3 anos da tragédia que provocou acidente de Fukushima
11/03/2014 - Linha Direta

Japão lembra 3 anos da tragédia que provocou acidente de Fukushima

O Japão lembrou nesta terça-feira (11) o aniversário de uma tragédia tripla: um terremoto seguido de uma tsunami, que provocou o acidente nuclear de Fukushima.
Catherine Ashton e o chanceler iraniano Mohammad Javad Zarif durante reunião em Viena em 18.02.2014.
09/03/2014 - Irã/Nuclear

Europa diz que não há garantia de acordo final com o Irã

A chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, declarou neste domingo (9) que as negociações sobre o nuclear iraniano eram difíceis e sem “garantia de sucesso”.

O chefe da AIEA, Yukiya Amano (e) discursou hoje (03) durante a abertura de uma nova rodada de discussões sobre o programa nuclear iraniano em Viena, Áustria.
03/03/2014 - Nuclear/Irã

Programa nuclear iraniano ainda preocupa AIEA

O conselho da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) se reúne de hoje (03) até sexta-feira em sua sede em Viena, na Áustria, para avaliar os avanços nas negociações entre o Irã e a comunidade internacional sobre o polêmico programa nuclear iraniano. O chefe da organização, Yukiya Amano, avalia que muito ainda há muito a evoluir e pede mais transparência por parte de Teerã.

Apesar de Fukushima, Europa mantém opção pela energia nuclear
20/02/2014 - Meio Ambiente

Apesar de Fukushima, Europa mantém opção pela energia nuclear

O medo dos riscos da energia nuclear e a mobilização contra esta fonte energética estão ficando no passado, quase três anos depois do acidente na central de Fukushima. A Polônia, um dos países mais poluidores da Europa graças a uma matriz centrada no carvão, vai construir duas usinas nucleares até 2030. Na França, a promessa de reduzir a dependência da energia nuclear começa a se dissipar.

Close