Últimas notícias
Conteúdo sindicado
Protestos
Manifestantes exibem cartazem com os dizeres "maldito seja Charlie e seus aliados" durante protestos violentos nas ruas da capital do Níger.
17/01/2015 - Niger/Protestos/Charlie Hebdo

Novos protestos contra Charlie Hebdo deixam mortos no Níger

Pelo menos cinco pessoas morreram neste sábado (17) em Niamei durante protestos contra caricatura do profeta Maomé publicada no jornal satírico francês Charlie Hebdo.
O presidente François Hollande defendeu neste sábado, 17 de janeiro de 2015, os valores democráticos da França.
17/01/2015 - França/Charlie Hebdo

Hollande rebate protestos anti-Charlie defendendo "valores" da França

Neste sábado (17), o presidente François Hollande comentou as manifestações contra o novo número do jornal satírico Charlie Hebdo, cuja capa mostra o profeta Maomé segurando um cartaz com a frase "Eu sou Charlie". O presidente defendeu a liberdade de expressão que caracteriza a França.

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, exibe seu exemplar da edição histórica de Charlie Hebdo.
14/01/2015 - França/Liberdade de imprensa

Países muçulmanos criticam nova charge de Maomé em Charlie Hebdo

A publicação da edição histórica do semanário satírico Charlie Hebdo com um novo desenho de Maomé na capa, uma semana após o atentado ...
A França sempre defenderá a palavra livre e a impertinência contra todas as vacas sagradas
13/01/2015 - O Mundo Agora

A França sempre defenderá a palavra livre e a impertinência contra todas as vacas sagradas

Foi a maior manifestação de massa da França no século XX. Congregou todo mundo: direita, esquerda, ateus, crentes, judeus, muçulmanos e cristãos, franceses e estrangeiros. Sem bandeiras partidárias ou sindicais. Sem slogans – salvo o “eu sou Charlie”. E ainda por cima com a participação de 40 representantes de países estrangeiros, africanos, árabes, europeus, norte-americanos.... Só minúsculas minorias, estupidamente intolerantes, ficaram de fora. A unanimidade foi tanta que merece uma tentativa de explicação.

Protestos contra muçulmanos intrigam alemães
07/01/2015 - Fato em Foco

Protestos contra muçulmanos intrigam alemães

Desde outubro, ao cair da noite de cada segunda-feira, um número cada vez maior de alemães se dirige para o centro da cidade de Dresden para protestar contra o que consideram uma invasão islâmica na Alemanha. A  última manifestação, nesta semana, reuniu um recorde de 18 mil pessoas, acendendo um alerta sobre o futuro do movimento, que se repete em outras cidades do país.

Manifestantes pró-democracia mostram cartazes em Hong Kong
25/12/2014 - Ásia

Conflito entre manifestantes e polícia marca Natal em Hong Kong

A noite de Natal em Hong Kong foi marcada por confrontos entre centenas de manifestantes pró-democracia e a polícia. Doze pessoas foram detidas.
Mobilização dos taxistas parisienses nesta segunda-feira (15) contra o aplicativo Uber.
15/12/2014 - França/Transportes

Taxistas parisienses se mobilizam em protesto contra o Uber

Taxistas parisienses promoveram uma "operação tartaruga", nesta segunda-feira (15), nos dois aeroportos da capital francesa.
Movimento anti-imigração cresce na Alemanha e preocupa governo
15/12/2014 - Linha Direta

Movimento anti-imigração cresce na Alemanha e preocupa governo

Uma série de protestos semanais na cidade de Dresden contra uma suposta "islamização" da Alemanha atingiu seu ponto alto segunda-feira passada, quando uma marcha ...
Manfestantes enfrentaram o frio e foram às ruas de Washington, neste sábado 13 de dezembro, para protestar contra a violência policial.
13/12/2014 - Estados Unidos/Direitos

Novos protestos em Washington e Nova York contra violência policial

Milhares de pessoas se reuniram neste sábado (13) em Washington para uma marcha de protesto contra a violência policial.
Polícia desmantela nesta quinta-feira (11) um dos pricipais acampamentos pró-democracia de Hong Kong.
11/12/2014 - Hong Kong/Manifestação

Polícia desmantela acampamento e detém ativistas em Hong Kong

Centenas de policiais invadiram e desmantelaram nesta quinta-feira (11) o principal acampamento do movimento pró-democracia de Hong Kong. A invasão aconteceu após o fim do ultimato dado aos manifestantes para deixarem o local. A remoção foi autorizada pela Alta Corte da ex-colônia britânica.

Close