Últimas notícias
Conteúdo sindicado
Protestos
Reunião entre Maduro e oposição venezuelana deve acontecer nas próximas horas
09/04/2014 - Linha Direta

Reunião entre Maduro e oposição venezuelana deve acontecer nas próximas horas

A esperada reunião promovida pela União de Países Sul-Americanos, a Unasul, entre a oposição e o governo da Venezuela deve ser realizada nas próximas horas. O presidente Nicolás Maduro chegou a anunciar que o encontro seria realizado na tarde desta terça-feira (8). No entanto, o setor opositor fez uma reunião prévia para ajustar as condições ao diálogo formal que foi adiado e pode acontecer nesta quarta (9) ou quinta (10).

08/04/2014 - Guiné-Bissau

Guiné-Bissau : protestos de agentes eleitorais preocupam sociedade civil

Agentes das assembleias de voto, desfilaram esta terça-feira nas ruas de Bissau, exigindo cerca do triplo dos subsídios, que a Comissão Nacional de Eleições lhes atribui no quadro das eleições gerais de 13 de Abril.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro no Palácio Miraflores em Caracas.
08/04/2014 - Venezuela

Governo da Venezuela e oposição se reúnem hoje para tratar de crise política

Reunião entre o presidente Nicolas Maduro e a oposição deve acontecer nesta terça-feira (8) na Venezuela. O líder venezuelano aceitou finalmente na noite de ontem se reunir com os opositores que, há dois meses, protestam contra seu governo.

Desde fevereiro, a Venezuela enfrenta uma onda de protestos contra o governo do presidente Nicolás Maduro.
05/04/2014 - Protesto/Venezuela

Venezuelanos marcham pela libertação do opositor Leopoldo López

Manifestantes marcharam pelas ruas de Caracas nesta sexta-feira (4) para exigir a libertação do principal opositor ao governo, Leopoldo López, preso desde fevereiro e acusado de provocar a onda de violências que sacodem o país há dois meses. Mais cedo, a Justiça venezuelana indiciou o oponente por quatro crimes: incitação pública, associação para cometer crime, por ser o suposto mandante de um incêndio e de ações danosas à propriedade.

A presidente brasileira, Dilma Rousseff, e o presidente da Fifa, Joseph Blatter, durante cerimônia do sorteio de jogos da Copa do Mundo 2014, em Costa do Sauípe, no Brasil.
04/04/2014

Libération fala em "ingerência da Fifa" nos preparativos da Copa no Brasil

Os atritos entre a Fifa e as autoridades brasileiras se multiplicam a 70 dias da abertura da Copa do Mundo. As tensões criadas pelos comentários dos dirigentes da entidade são comentadas na edição desta sexta-feira (4) pelo jornal Libération. 

Arsen Avakov, ministro do Interior ucraniano durante coletiva de imprensa em Kiev.
03/04/2014 - Ucrânia/Rússia

Ucrânia acusa Yanukovitch e Rússia por morte de manifestantes

O ministro do Interior ucraniano, Arsen Avakov, acusou nesta quinta-feira (3) o presidente deposto Viktor Yanukovitch e o serviço secreto russo de responsabilidade pelos disparos contra os manifestantes que protestavam em fevereiro, no centro de Kiev. A repressão policial deixou pelo menos 90 mortos.

Deputada venezuelana deposta chega a Brasília em busca de apoio
02/04/2014 - Linha Direta

Deputada venezuelana deposta chega a Brasília em busca de apoio

A crise na Venezuela se complica a cada dia.

Anistia Internacional denuncia assassinatos e torturas na Venezuela.
01/04/2014 - Venezuela/Crise

Anistia Internacional alerta para espiral da violência na Venezuela

A seção espanhola da Anistia Internacional advertiu nesta terça-feira (1) contra “uma espiral da violência” na Venezuela. O relatório da instituição lembra que cerca de 40 pessoas já morreram em quase dois meses de protestos contra o governo. O texto pede que o presidente Nicolás Maduro e a oposição respeitem os direitos humanos no país.

O presidente da FIFA, Joseph S. Blatter, discursou nesta quinta-feira (27) no 38° Congresso da UEFA, no Cazaquistão.
27/03/2014 - Congresso/UEFA

Blatter diz a europeus que Copa deve acontecer sem protestos

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, confirmou nesta quinta-feira (27) aos participantes do 38° Congresso da UEFA (União das Federações Europeias de Futebol), em Astana, no Cazaquistão, que o estádio Itaquerão vai estar pronto para o jogo de abertura da Copa do Mundo, no dia 12 de junho, em São Paulo. Blatter espera que o Mundial aconteça sem protestos.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu o apoio da União de Nações da América do Sul (Unasul) para superar a crise no país.
26/03/2014 - Venezuela/Crise

Governo venezuelano prende três generais

O governo venezuelano continua sua política de repressão para acabar com o movimento de contestação que sacode o país há seis semanas e já deixou ...

Close