Conteúdo sindicado
Renamo
03/08/2015 - MOÇAMBIQUE

Moçambique: Dhlakama julga imprudente integração de dois elementos da Renamo

O líder da Renamo reagiu ao abandono de dois dos seus ex-guerrilheiros para integrar o exército e a defesa. Afonso Dhlakama considera imprudente a atitude do governo moçambicano.

António Muchanga, porta-voz da Renamo
28/07/2015 - Moçambique

Renamo recusa receber do fundo de paz e conciliação

A Renamo não vai aderir ao fundo de paz, em vigor já a partir de 1 de Agosto, devido à falta de avanços na questão da despartidarização do aparelho de Estado.

Afonso Dhlakama, líder da Renamo (esq),  e Filipe Nyusi, presidente de Moçambique (drt)
25/07/2015 - Moçambique

Moçambique: Nyusi convida Dhlakama para encontro

O presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, convidou o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, para um encontro.
António Muchanga, porta-voz da Renamo.
24/07/2015 - MOÇAMBIQUE

Confrontos entre o Exército moçambicano e a Renamo em Tete

A Renamo, maior partido da oposição em Moçambique, revelou que decorreram novos confrontos com o exército desde a manhã de sexta-feira na província de Tete, centro do país. Confrontos que provocaram a fuga de populações para o vizinho Malaui.

Líder da Renamo, Afonso Dhlakama
06/07/2015 - Moçambique

Afonso Dhlakama ameaça voltar a bloquear estrada que liga o sul e norte de Moçambique

 O líder do principal partido da oposição moçambicana, Afonso Dhlakama, voltou a ameaçar paralisar a principal estrada que liga o sul e o norte de Moçambique, EN°1, e expulsar administradores eleitos pelo Governo.

Afonso Dhlakama, leader de la Renamo, lors d'une conférence de presse en avril 2013, dans son repaire dans les motagnes de Gorogonsa.
06/07/2015 - MOÇAMBIQUE

Governo moçambicano e Renamo de novo divididos

A ronda 110 do diálogo político em Moçambique foi marcada por um impasse. É que o governo e a Renamo divergem quanto à necessidade de se transformar a declaração de princípios da despartidarização da função pública em lei como assim pretende o principal partido da oposição segundo Saimone Macuiana, da equipa negociadora do movimento da perdiz nas negociações.

Afonso Dhlakama, líder da Renamo
06/07/2015 - Moçambique

Renamo anuncia a criação da primeira comissão de Paz, Democracia e Desenvolvimento

Apesar da assinatura na semana passada do acordo entre a Renamo e o governo sobre a despartidarização da função pública, ambas as partes continuaram ontem de costas voltadas numa nova ronda negocial em que não se chegou a nenhum consenso quanto à desmilitarização das forças residuais do principal partido de oposição.

Maputo
03/07/2015 - Moçambique

Apesar do acordo, a desconfiança permanece em Moçambique

Após vários meses de tentativas infrutíferas de consenso no quadro das suas rondas negociais, o governo e a Renamo, principal partido de oposição, assinaram ontem um acordo para a despartidarização da função pública, um avanço que contudo não é suficiente para restabelecer a confiança no seio da classe política moçambicana.

Centro Internacional de Conferências Joaquim Chissano
03/07/2015 - Moçambique

Assinatura do acordo entre o governo e a Renamo sobre a despartidarização da função pública

Depois de dois adiamentos, o governo moçambicano e a Renamo assinaram hoje no final da tarde, no Centro de conferências Joaquim Chissano em Maputo, o acordo sobre a despartidarização da função pública, único avanço alcançado nos últimos tempos entre as duas partes em meses de negociações.

Centro Internacional de Conferências Joaquim Chissano
22/06/2015 - Moçambique

Moçambique : adiada assinatura acordo sobre despartidarização

Governo e Renamo voltaram a adiar a assinatura do acordo de princípios sobre a despartidarização da Função Pública, que deveria ter sido rubricado hoje, enquanto prossegue o impasse sobre as questões militares.

Close