Últimas notícias
Conteúdo sindicado
Terrorismo
Tropas chadianas na fronteira entre a Nigéria e Camarões.
01/02/2015 - Boko Haram/África

Exército do Chade bombardeia posições do Boko Haram na Nigéria

Dois helicópteros de combate do exército do Chade bombardearam neste domingo (1) a cidade de Gamboru, situada na Nigéria na fronteira com Camarões. Os ataques visaram posições do grupo terrorista Boko Haram. Ontem, a aviação chadiana já havia efetuado outro bombardeio na região.

Parentes do piloto jordaniano Maaz al-Kaseasbeh protestam diante do Palácio Real em Amã.
01/02/2015 - Grupo Estado Islâmico/Terrorismo

Jordânia promete “fazer de tudo” para salvar refém detido pelo EI

Depois do assassinato do refém japonês Kenji Goto, a Jordânia disse estar empenhada em salvar a vida do piloto jordaniano Maaz al-Kaseasbeh que também foi seqüestrado pelos extremistas do grupo Estado Islâmico. Os jihadistas exigem a liberdade da terrorista iraquiana Sajida al Rishawi em troca da libertação do piloto jordaniano.

Policiais belgas em Verviers, na operação anti-terrorista do dia 16 de janeiro.
30/01/2015 - Jihad

Bélgica prende quatro em operação contra recrutadores de jihadistas

Quatro pessoas foram presas na manhã desta sexta-feira (30) na Bélgica em uma operação lançada pela polícia federal do país para desmantelar uma rede de recrutamento de jihadistas para a Síria.

Um check-point do exército em al-Arich, norte do Sinai.
30/01/2015 - Extremismo

Braço do grupo Estado Islâmico reivindica série de atentados que mataram 26 no Egito

O presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sissi, encurtou sua visita a Addis Abeba, na Etiópia, onde acontece a cúpula da União Africana, após a série de ataques ocorridos nesta quinta-feira (29), no Sinai. O Ansar Beit al-Maqdess, principal grupo de insurgentes islâmicos do Sinai e braço do grupo Estado Islâmico no Egito, reivindicou os atentados que deixaram pelo menos 26 mortos, a maioria soldados. Outras 62 pessoas ficaram feridas.

Chefe da diplomacia angolana na União Africana
30/01/2015 - Convidado

Chefe da diplomacia angolana na União Africana

O chefe da diplomacia angolana tem participado em Addis Abeba nos trabalhos preparatórios da Cimeira da União Africana que hoje começou na capital etíope. Georges Chikoti analisa os grandes temas do momento em África como o terrorismo na Nigéria, Camarões e Chade, o ébola e o possível perdão da dívida dos países afectados pelo vírus.

Os irmãos Chérif Kouachi (esquerda) e Said Kouachi são os autores do atentado contra a redação do jornal Charlie Hebdo que deixou 12 mortos em Paris, no dia 7 de janeiro.
29/01/2015 - França/Terrorismo

Criança francesa é convocada pela polícia após apoiar autores de ataques de Paris

Um menino francês de 8 anos compareceu nesta quarta-feira (28) a uma delegacia de polícia de Nice, no sul da França, para explicar seu comportamento em relação ao ...
Pais do piloto jordaniano Maaz al-Kassasbeh protestam em Amman.
29/01/2015 - Extremismo

Em gravação, grupo Estado Islâmico ameaça matar refém jordaniano nesta quinta-feira

O grupo ultrarradical islâmico Estado Islâmico prolongou, nesta quinta-feira (29), o prazo para a Jordânia libertar a jihadista iraquiana Sajida al-Rishawi em troca do jornalista japonês Kenji Goto, que é mantido como refém junto com o piloto jordaniano Maaz al-Kassasbeh. Em uma gravação de voz divulgada nesta manhã, Goto diz que se a jihadista não estiver na fronteira turca até o pôr-do-sol, no horário do Iraque, o piloto jordaniano será morto.

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, tenta evitar a execução do segundo refém, Kenji Goto.
28/01/2015 - Terrorismo/EI/Japão

Prazo para grupo EI executar reféns do Japão e Jordânia vai expirar

Faltam poucas horas para o fim do prazo que o grupo Estado Islâmico deu para a troca de dois reféns, o jornalista japonês Kenji Goto e o piloto jordaniano Maaz al-Kassasbeh, pela ...
Chefe da diplomacia da Guiné-Bissau na União Africana
28/01/2015 - Convidado

Chefe da diplomacia da Guiné-Bissau na União Africana

O ministro guineense dos negócios estrangeiros, Mário Lopes da Rosa, participa em Addis Abeba nos trabalhos preparatórios da cimeira da União Africana agendada para o final da semana. Ele passou a pente fino com a RFI o momento actual do seu país bem como os dossiers regionais, como o combate ao vírus ébola e ao terrorismo na África ocidental. A luta contra o tráfico de droga, o papel de Cabo Verde e de Angola são também alvo da sua análise.

A iraquiana Sajida al-Rishawi, de 44 anos, foi condenada à morte e está presa na Jordânia por envolvimento em atentados terroristas em 2005.
27/01/2015 - Grupo Estado Islâmico/Reféns

Grupo EI ameaça matar reféns japonês e jordaniano em 24 horas

O grupo ultrarradical Estado Islâmico anunciou nesta terça-feira (27) que vai executar o jornalista japonês Kenji Goto e o piloto jordaniano Maaz al-Kassasbeh, mantidos como ...
Close