Conteúdo sindicado
União Europeia
  França: Sarkozy  suspeitado  de corrupção
02/07/2014 - Revista de Imprensa

França: Sarkozy suspeitado de corrupção

O  indiciamento do ex-presidente Nicolas Sarkozy provoca  um sismo político  em França, é a  primeira vez  na história da quinta República francesa que um presidente fica sob custódia da polícia, Sarkozy é suspeitado de  corrupção activa tráfico de influência e encobrimento de violação do segredo de instrução em três processos judiciários, a tentativa de regresso  à cena política francesa  do ex-presidente Sarkozy  poderá ser comprometida, após  o assassínio de três jovens  israelitas o governo de Israel analiza a maneira de responder  ao ataque, no Médoc região dos grandes vinhos franceses  a pobreza galopante  é proporcional à  prosperidade das grandes adegas, nem todos no seio do  partido socialista europeu apreciam Martin Schulz eleito novamente presidente  do Parlamento Europeu, na sexta-feira franceses e alemãs vão prosseguir no Mundial de Futebol a saga  futebolística entre os  dois países, Patrice Evra é o verdadeiro patrão dos Azuis franceses que disputam o Mundial de Futebol.

Como era esperado, o alemão Martin Schulz foi reeleito nesta terça-feira (1°) presidente do Parlamento Europeu, em Estrasburgo.
01/07/2014 - União Europeia

Martin Schulz é reeleito presidente do Parlamento Europeu

Os novos deputados do Parlamento Europeu elegeram nesta terça-feira (1°) o social-democrata alemão Martin Schultz para mais um mandato de dois anos e meio à frente da Casa. Os eurocéticos e extremistas de direita, que chegaram com força ao novo Parlamento, mostraram desde a primeira sessão que vão perturbar os trabalhos. Num gesto simbólico, vários parlamentares antieuropeus deram as costas durante a execução do hino europeu, arrancando protestos dos colegas.

Itália assume presidência rotativa da União Europeia
01/07/2014 - Linha Direta

Itália assume presidência rotativa da União Europeia

A Itália assume nesta terça-feira (1°) a presidência rotativa de uma União Europeia em transição. O novo parlamento europeu, eleito no fim de maio, também toma posse hoje. Neste semestre acontecem também as nomeações dos novos presidentes do Europarlamento, da Comissão Europeia e do Conselho Europeu.

O presidente Vladimir Putin se prepara para enfrentar as consequências que as sanções ocidentais podem ter para a economia russa.
28/06/2014 - Rússia/Economia

Novas sanções podem ter graves consequências para economia russa

Novas sanções ocidentais contra Moscou podem agravar o crescimento econômico da Rússia, disse neste sábado (28) o ministro russo da Economia, Alexei Ulyukayev. O país se prepara para enfrentar as conseqüências das medidas prometidas pelos Estados Unidos e União Europeia devido à continuação dos combates da rebelião separatista russa no leste da Ucrânia.

Apesar de não contar com a unanimidade, Jean-Claude Juncker foi oficialmente indicado para presidir a Comissão Europeia.
27/06/2014 - Comissão Europeia

Juncker é oficialmente indicado para presidência da Comissão Europeia

Depois de semanas de discussão, os líderes europeus confirmaram nesta sexta-feira (27) a indicação de Jean-Claude Juncker, ex-primeiro-ministro luxemburguês, para a ...
Petro Porochenko (centro) aperta as mãos de líderes europeus, José Manuel Barroso (esq.) e Herman Van Rompuy.
27/06/2014 - Ucrânia/ UE

Sob ameaças russas, Ucrânia assina acordo de associação à UE

A Ucrânia, a Geórgia e a Moldávia assinaram na manhã desta sexta-feira (27) o acordo de associação à União Europeia, no segundo dia de cúpula do bloco, em Bruxelas. Minutos depois, Moscou afirmou que o ato terá “graves consequências”. O acordo foi o estopim da crise na Ucrânia no ano passado – o presidente deposto Viktor Yanukovich se recusara a assinar o texto, provocando a revolta dos ucranianos.

Jean-Claude Juncker  futuro presidente da Comissão de Bruxelas
27/06/2014 - Revista de Imprensa

Jean-Claude Juncker futuro presidente da Comissão de Bruxelas

Jean-Claude Juncker candidato do Partido Popular Europeu  foi  imposto  pela maioria dos Estados para suceder à José Manuel Barroso na presidência da Comissão Europeia, David Cameron que apresentou Juncker como sendo o inimigo público número um da Grã-Bretanha correu o risco de ficar isolado no seio da União Europeia, o jiadismo na África saeliana  e nomeadamente no Mali favorece a vontade das grandes potências  de  controlar os recursos energéticos da região, a  intervenção militar da França e da Grã-Bretanha na Líbia  visava sobretudo a supressão da Jamahiriya e a eliminação do seu líder Muammar Khadafi, o  governo francês  revela-se impotente perante o acrésimo do desemprego, o apuramento da Argélia para os oitavos-finais do Mundial de Futebol é  histórico.

A Corte Europeia de Direitos Humanos mandou a justiça francesa reconhecer três meninas que nasceram nos Estados Unidos com mães de aluguel.
26/06/2014 - França/Reprodução

Corte Europeia condena França a reconhecer crianças de barriga de aluguel

A França foi condenada nesta quinta-feira (26) pela Corte Europeia dos Direitos Humanos (CEDH), com sede em Estrasburgo, pelo não-reconhecimento de crianças nascidas no exterior geradas por mães de aluguel. Por outro lado, a corte não se pronunciou sobre a escolha das autoridades francesas de proibir a reprodução assistida por barriga de aluguel.

Como reformar  a França ?
26/06/2014 - Revistas de imprensa + Africa

Como reformar a França ?

A França não só precisa de reformar a sua economia mas também as suas instituições, se a França pretende tornar-se um Estado mais eficaz e moderno deve abrir a alta função à todos os talentos, o ano de 2014  será o das reformas económicas em França, as dificuldades da indústria francesa não são compensadas por outros sectores, um pacto em curso de negociação  pelos países dominantes poderia pôr em causa a existência dos serviços públicos no mundo, o Egipto do marechal  Al-Sissi  deixou práticamente de ser  um Estado de direito,a Grã-Bretanha fracassou na sua  tentativa  para impedir que Claude Juncker se torne o próximo presidente da Comissão de Bruxelas,no Mundial de futebol as coisas sérias vão começar para os Azuis franceses.

França  face  ao  futuro
25/06/2014 - Revista de Imprensa

França face ao futuro

O que será a França dentro de dez anos?,  em  vinte anos a França perdeu seis pontos de PIB,  a França deverá reformar profundamente as suas instituições,os assalariados franceses  com contrato integral  trabalham anualmente menos cinco semanas do que os seus homólogos da Alemanha, a retoma da economia  francesa continua  a ser modesta, as firmas de França não têm tirado  benefício da retoma do comércio mundial, os  dirigentes de 50 países discutiram numa opacidade total um anexo ao tratado comercial  transatlântico entre  a União Europeia e os Estados Unidos que entrará em vigor  em 2015, a França reduz de 10%  a  sua ajuda internacional  para o período 2015-2017,a criminalidade ambiental aumenta assustadoramente no mundo e financia os tráficos e o terrorismo, nascimento de um jiadistão  entre a Síria e o Iraque, com o caos em pano de fundo a Líbia  vai às urnas, os azuis da selecção de França de Futebol vão à conquista do mítico Estádio do Maracanã.

Close