Conteúdo sindicado
União Europeia
A calma voltou à região ao redor do parlamento de Kiev neste domingo (23).
23/02/2014 - Ucrânia/Crise

Ucrânia terá governo de união nacional até terça

O presidente do parlamento ucraniano, Oleksander Turchinov, braço direito da opositora Iúlia Timochenko, vai exercer provisoriamente a função de presidente da República no lugar de Viktor Yanukovitch, destituído neste sábado pelos deputados. Os parlamentares também decidiram formar até terça-feira um governo de união nacional. Neste domingo (23) a calma voltou ao centro de Kiev, onde lojas fechadas há vários dias finalmente reabriram.

Manifestantes diante do parlamento da Ucrânia neste sábado (22).
22/02/2014 - Ucrânia/Crise

Imprensa francesa analisa papel da União Europeia na crise política na Ucrânia

A crise política na Ucrânia e as negociações para acabar com a violência no centro de Kiev ocupam as manchetes dos jornais franceses neste sábado (22). Os diários celebram o acordo firmado nesta sexta-feira e se interrogam sobre as relações entre a União Europeia e a Rússia.

Um manifestante em  Kiev, capital da Ucrânia, em 21 de fevereiro de 2014.
21/02/2014 - Imprensa

Mídia alternativa é opção de ucranianos para se informarem sobre crise no país

Banho de sangue. Indignação. Essas são algumas das palavras usadas pelos jornais franceses desta sexta-feira (21) para descrever a situação na Ucrânia. O jornal La Croix também fala da situação na Ucrânia, mas dá destaque para a cobertura jornalística alternativa aos tradicionais meios de comunicação do país.

Os opositores continuam mobilizados na praça da Independência, no centro de Kiev, que amanheceu nesta sexta-feira em clima de guerra.
21/02/2014 - Ucrânia/Crise

Apesar do anúncio de um acordo com a UE, Ucrânia é palco de novos confrontos violentos

O governo ucraniano afirmou ter chegado a um acordo com diplomatas europeus sobre a crise no país, mas a informação não foi confirmada por Bruxelas.

Os ministros das Relações Exteriores da França, Laurent Fabius, da Polônia, Radoslaw Sikorski (atrás ) e da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier (de cabelos brancos), em Kiev, na Ucrânia, em 20 de fevereiro de 2014.
21/02/2014 - Ucrânia/Crise política

"Mediação entre opositores e presidente da Ucrânia está muito difícil", dizem ministros da UE

A delegação formada pelos ministros das Relações Exteriores da Alemanha, França e Polônia, que chegou na manhã desta quinta-feira (20) na  capital Kiev em busca de uma saída para a crise, vai ficar na cidade mais tempo do que o previsto. As negociações estão complicadas entre os líderes da oposição e o presidente Viktor Yanukovitch. Em Bruxelas, os outros ministros do bloco votaram sanções contra "os que estão com as mãos sujas de sangue".

A imprensa ucraniana anuncia que o novos confrontos desta quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014, deixaram ao menos 25 mortos em Kiev.
20/02/2014 - Ucrânia/Violência

Ao menos 60 manifestantes morreram em novos confrontos com a polícia na Ucrânia

Novos confrontos violentos entre manifestantes e polícia já resultaram em mais mortes nesta quinta-feira (20) em Kiev. Ao menos 60 pessoas foram mortas a tiros, informaram fontes médicas da oposição. A presidência ucraniana acusa os manifestantes pelos confrontos e diz que “três policiais também morreram”. Chanceleres europeus estão em Kiev e se encontram com presidente Yanukovitch. Em Bruxelas, uma reunião esta tarde deve definir sanções contra o governo ucraniano.

Tiros são ouvidos na Praça da Independência e televisão mostra corpos de manifestantes carregados em macas.
20/02/2014

Imprensa francesa defende sanções dos europeus à Ucrânia

A repressão violenta na Ucrânia contra os manifestantes que pedem a saída do presidente Yanukovitch do poder é a manchete dominante nos jornais franceses desta quinta-feira (20). Mas a imprensa também dedica espaço para o caos que reina na República Centro-Africana e até para a boa saúde financeira dos bancos franceses que registram lucros bilionários neste período pós-crise.

Ucrânia : europeus adoptam sançoes
20/02/2014 - Revista de Imprensa

Ucrânia : europeus adoptam sançoes

A situação na Ucrânia domina largamente a imprensa neste dia em que mais de 60 manifestantes foram mortos em Kiev, e no mesmo dia em que a União Europeia decidiu adoptar sanções, contra os que têm sangue nas mãos. Bangui paralisada pela violência, o ultimato patronal aos mineiros grevistas na África do Sul, ou ainda as eleições legislativas hoje na Líbia, são outros temas abordados nos jornais desta quinta-feira.

UE estuda sanções para congelar bens de responsáveis pela violência na Ucrânia
20/02/2014 - Linha Direta

UE estuda sanções para congelar bens de responsáveis pela violência na Ucrânia

A escalada de violência na Ucrânia faz ministros das Relações Exteriores da UE se reunirem em caráter de emergência para discutir a imposição de sanções ao governo ucraniano. Apesar da resistência às punições, o bloco europeu parece ter mudado de idéia após os confrontos dos últimos dias que fizeram dezenas de mortos e centenas de feridos. Uma delegação formada por ministros europeus foi enviada à Kiev. A Rússia afirmou que as manifestações são uma tentativa de golpe que enche de incerteza o futuro da Ucrânia.

Manifestantes contra o governo ucraniano se protegem em barricada contra forças de segurança.
20/02/2014 - UE/Ucrânia

União Europeia se reúne para discutir sanções contra Ucrânia

A União Europeia realiza nesta quinta-feira (20) uma reunião extraordinária para decidir sobre eventuais sanções ao governo ucraniano, diante da escalada da violência na capital Kiev, que provocou pelo menos 26 mortes na noite de terça para quarta. Mais de 200 pessoas ficaram feridas. Entre as possíveis sanções, estão a proibição de vistos para integrantes do alto escalão próximos ao presidente ucraniano, Viktor Yanukovitch, e o congelamento de bens.

Close