Últimas notícias
Estudo/Crescimento - 
Artigo publicado em 08 de Outubro de 2012 - Atualizado em 09 de Outubro de 2012

Brasil retoma crescimento na contramão das principais economias

A desaceleração da atividade econômica deve continuar nas principais economias do planeta, segundo a OCDE.
A desaceleração da atividade econômica deve continuar nas principais economias do planeta, segundo a OCDE.
REUTERS/Anatolii Stepanov

RFI

A desaceleração econômica da maior parte das principais economias do planeta deve prosseguir, sobretudo na zona do euro. A China, no entanto, dá sinais de estabilização. Já os índices do Reino Unido e do Brasil melhoraram. As informações são de um relatório divulgado hoje pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

O estudo se baseia em indicadores que avaliam se a atividade econômica dos países segue a tendência prevista e antecipam uma eventual inversão.

Esses dados "mostram que a maior parte das grandes economias continuarão a ter uma desaceleração do crescimento nos próximos trimestres", afirma a organização com sede em Paris em um comunicado divulgado hoje.

Nos Estados Unidos e no Japão, os indicadores continuam a dar sinais de um crescimento moderado, ainda que acima da sua tendência a longo prazo. No Canadá, o crescimento permanece fraco.

Na zona do euro, e principalmente em suas três maiores economias - Alemanha, França e Itália -, os dados "continuam indicando uma desaceleração do crescimento".

Entre os países emergentes, a OCDE avalia que o crescimento deve continuar lento na Índia e na Rússia. Em compensação, o indicador para a China permite vislumbrar uma estabilização da economia num futuro próximo, após a recente freada no crescimento exponencial do país.

O Reino Unido e o Brasil, por sua vez, continuam dando sinais de "uma retomada" da atividade.

tags: Brasil - China - Crescimento - Estados Unidos - Japão - OCDE - Zona do Euro
Mais notícias sobre o mesmo assunto
Comentários
Comente este artigo
O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para diferenciação entre computadores e humanos contra os ataques de spams. Automated spam submissions.
Close