Conteúdo sindicado
EUA
Capa dos jornais franceses: Les Echos, Le Figaro, Libération, La Croix, L'Humanité e Aujourd'hui en France desta terça-feira, 15/10/13
15/10/2013 - Imprensa

Ameaça de calote dos EUA preocupa jornais franceses

A ameaça de uma moratória da dívida dos Estados Unidos continua a assombrar a imprensa francesa nesta manhã. Os jornais ainda não foram contaminados pelo otimismo dos democratas e republicanos que esperam um acordo para hoje.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Espionagem ouve o jornalista Glenn Greenwald(direita) e o companheiro dele, o brasileiro David Miranda, sobre as denúncias de espionagem do governo dos Estados Unidos ao Brasil.
14/10/2013 - Caso Snowden

Greenwald promete revelações sobre espionagem dos EUA contra a França

O colunista do jornal britânico The Guardian no Rio de Janeiro, Glenn Greenwald, falou com exclusividade para a RFI sobre as ameaças que têm sofrido depois de denunciar espionagem dos serviços de inteligência do EUA. Depois de revelar que o governo americano espionava a presidente Dilma Rousseff, Greenwald promete novas denúncias envolvendo a França e a Europa.

O presidente americano, Barack Obama recebe nova proposição dos Republicanos.
14/10/2013 - EUA/Economia

EUA têm quatro dias para evitarem moratória inédita

Semana decisiva nos Estados Unidos. O presidente Barack Obama e a oposição republicana têm quatro dias para chegarem a um acordo sobre a elevação do teto da dívida e evitarem o primeiro default de pagamentos da história dos Estados Unidos. A possibilidade de um calote americano preocupa os mercados.

O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, negocia um acordo para a permanência de tropas no Afeganistão.
11/10/2013 - EUA/afeganistão

EUA tentam negociar permanência de tropas no Afeganistão após 2014

O secretário de Estado, John Kerry, chegou hoje a Cabul para se encontrar com o presidente afegão, Hamid Karzai, e tentar firmar um acordo que permita a presença de tropas ...

Ben Bernanke, presidente do Fed, o Banco Central do sEUA.
18/09/2013 - EUA/economia

BC dos EUA surpreende e mantém incentivos monetários

Contrariando as expectativas do mercado, o Federal Reserve, o Fed (Banco Central dos EUA) anunciou nesta quarta-feira, depois de dois dias de reunião, que vai continuar a comprar ...

O FBI identificou nesta segunda o atirador morto em Washington como o ex-militar Aaron Alexis, de 34 anos.
17/09/2013 - EUA/Tiroteio

Atirador de Washington tinha “problemas de disciplina” na Marinha

As investigações do FBI podem levar semanas para serem concluídas. Mas a  imprensa americana já revelou que o suspeito, Aaron Alexis, 34, era reservista da Marinha com um histórico de “problemas de disciplina”. No tiroteio de ontem, 13 pessoas, incluindo o atirador, morreram e 8 pessoas ficaram feridas. As autoridades policiais tentam compreender as motivações do crime.

A chuva  isolou diversas cidades no estado do Colorado, nos Estados Unidos.
15/09/2013 - EUA/Inundações

Chuva nos Estados Unidos deixa 5 mortos e mais de 500 desaparecidos

Mais de 500 pessoas estão desaparecidas no estado do Colorado, oeste dos Estados Unidos, em virtude das fortes enchentes que já deixaram cinco mortos. As equipes de resgate redobram os esforços na busca dos desaparecidos, enquanto novas chuvas no domingo ameaçam as operações.

Em Genebra, John Kerry e Serguei Lavrov anunciam acordo sobre desmantelamento de arsenal químico da Síria.
14/09/2013 - Rússia/EUA/Síria

Rússia e EUA chegam a acordo sobre armas químicas da Síria

O secretário de Estado americano, John Kerry, e o chanceler russo, Serguei Lavrov, anunciaram ter chegado a um acordo sobre um plano de eliminação do arsenal químico da Síria, após três dias de negociações em Genebra, Suíça. Damasco tem uma semana para apresentar a lista desse tipo de armamento que possui. Para o ministro francês das Relações Exteriores, Laurent Fabius, o acordo é um "avanço importante".

Rebeldes em Aleppo, Síria, 10/09/2013.
12/09/2013 - Síria/armas químicas

“EUA devem parar com ameaças e com ajuda a rebeldes”, diz Assad

A Síria só vai cumprir as condições da proposta russa de desmantelamento do arsenal químico sírio se os Estados Unidos pararem com a ajuda aos rebeldes e com as ameaças contra o governo de Damasco. A declaração foi feita pelo presidente sírio, Bachar al-Assad, durante uma entrevista à televisão russa nesta quinta-feira.

Rebeldes em Aleppo, Síria, 10/09/2013.
12/09/2013 - Síria/armas químicas

“EUA devem parar com ameaças e com ajuda a rebeldes”, diz Assad

A Síria só vai cumprir as condições da proposta russa de desmantelamento do arsenal químico sírio se os Estados Unidos parar com a ajuda aos rebeldes e com as ameaças contra o governo de Damasco. A declaração foi feita pelo presidente sírio, Bachar al Assad, durante uma entrevista à televisão russa nesta quinta-feira.

Close