Conteúdo sindicado
Costa do Marfim
O presidente marfinense, Alassane Ouattara, em discurso na TV.
12/04/2011 - Costa do Marfim

Homem forte de Gbagbo morre em circunstâncias misteriosas

Désiré Tagro, ex-ministro do Interior e próximo do ex-presidente Laurent Gbagbo, morreu nesta terça-feira em circunstâncias ainda não esclarecidas.
O presidente francês, Nicolas Sarkozy, e o o porta-voz do governo francês, François Baroin.
12/04/2011 - França/ política

Intervenção da França na Costa do Marfim é contestada

Um dia após a captura do ex-presidente da Costa Marfim, Laurent Gbagbo, a participação das tropas francesas na ação que resultou na sua queda do poder é ...
A força militar se justifica para impedir massacres
12/04/2011 - O Mundo Agora

A força militar se justifica para impedir massacres

“Líbia, Costa do Marfim, Síria, Iêmen, todos tem uma coisa em comum: governos ditatoriais dispostos a massacrar as suas próprias populações para continuar no poder. É claro que não é novidade. Só nos últimos vinte anos, tivemos o genocídio no Ruanda, o massacre de muçulmanos em Srebrenica na Bósnia, a repressão sangrenta na Birmânia, no Irã ou até na praça Tienamen em Pequim e por aí afora. A novidade, hoje, é que com os meios de comunicação modernos, todo mundo fica sabendo e assistindo ao vivo. E essa situação tornou este tipo de repressão moralmente insustentável para a grande maioria da opinião pública internacional. Tanto assim é, que a Assembléia Geral e o Conselho de Segurança da ONU resolveram adotar o princípio da “Responsabilidade de Proteger” as populações civis. O problema é a distância entre princípio e aplicação prática. Como e quando proteger, e quem deve fazê-lo?”

Jornais atribuem queda de Laurent Gbagbo à intervenção "decisiva" da França
12/04/2011 - Imprensa

Jornais atribuem queda de Laurent Gbagbo à intervenção "decisiva" da França

A queda de Laurent Gabgbo e o papel da França na captura do ex-presidente da Costa do Marfim que se negava a deixar o cargo estampam as manchetes da imprensa francesa desta terça-feira. Gagbo destituído, uma vitória para a França e a Onu titula a manchete do conservador Le Figaro. Ao relatar toda a operação de ataque à residência de Gbagbo pelas forças pró-Outtara com a ajuda militar da França e da ONU, o enviado especial à Abidjan escreve que a queda e a captura de Gabgo resumiram toda a crise marfinense: brutal e inesperada.

Costa do Marfim pós Gbagbo nas manchetes
12/04/2011 - Revista de Imprensa

Costa do Marfim pós Gbagbo nas manchetes

O papel desempenhado pela França na queda do regime de Laurent Gbagbo, detido na segunda-feira na Costa do Marfim, é, porventura, o tema que ocupa maior espaço nos diários parisienses.

Todos eles se interrogam também sobre a possibilidade do presidente cessante marfinense vir a ser julgado ou sobre a margem de manobra de Alassane Ouattara.

Ajuda da União Europeia  à Costa do Marfim
12/04/2011 - Convidado

Ajuda da União Europeia à Costa do Marfim

Os Ministros europeus dos Negócios Estrangeiros, reunidos no Luxemburgo, esta Terça feira, debruçaram-se sobre a situação na Líbia e na Costa do Marfim, e o ...
Laurent Gbagbo e sua esposa Simone, num quarto do Golf Hotel em Abdijan.
11/04/2011 - Costa do Marfim/crise

"Não me matem", pede Laurent Gbagbo ao ser preso

Pouco depois de ser detido, em uma intervenção na TCI, a TV estatal do país, o presidente Laurent Gbagbo também fez um apelo pelo fim dos combates. Em pronunciamento na TV, o presidente eleito, Alassane Ouattara, anunciou a abertura de um inquérito contra Gbagbo e a criação de uma comissão para investigar as atrocidades cometidas durante o conflito.

A TCI, canal televisivo pró-Ouattara, difundiu a imagem de Laurent Gbagbo após a sua captura em Abidjã.
11/04/2011 - COSTA DO MARFIM

Costa do Marfim vira a página Gbagbo

Laurent Gbagbo foi detido nesta segunda-feira após uma ofensiva de envergadura contra a residência onde estava entrincheirado há vários dias.  O chefe de Estado cessante foi, pois, obrigado a deixar a presidência da república onze anos após a sua chegada ao poder.

As primeiras imagens de Laurent Gbagbo, divulgadas pela TCI, o canal de tevê de Alassane Ouattara, após a detenção do ex-presidente em Abidjan.
11/04/2011 - COSTA DO MARFIM

Laurent Gbagbo é detido em Abidjan

Após quase cinco meses de um conflito sangrento, as forças do presidente eleito na Costa do Marfim, Alassane Ouattara, reconhecido pela ONU, prenderam nesta segunda-feira Laurent Gbagbo, derrotado na última eleição presidencial. Gbagbo foi levado junto com familiares para o Hotel do Golfo, que se tornou uma sede provisória da presidência marfinense em Abidjan.

Angola e o apoio ao regime marfinense
11/04/2011 - Convidado

Angola e o apoio ao regime marfinense

Numa entrevista difundida pela Radio Nacional de Angola, Bertrand CADET, conselheiro do Presidente marfinense cessante, Laurent Gbagbo, afirmava que este lutava contra a comunidade internacional, e apenas Angola o apoiava. A RFI ouviu a reacção de Fernando Macedo, Professor universario de Ciências Politicas e Direito Constitucional.

Close